7 Benefícios da castanha de caju para a dieta e saúde

Benefícios da castanha de caju para a dieta e saúde

A castanha de caju faz parte de um importante grupo de alimentos, as oleaginosas. Caracterizadas como “frutas compostas por uma casca rígida e uma semente quase sempre comestível, com alto teor de lipídios (gorduras)”, também fazem parte desse grupo as nozes, a castanha do Pará, o pistache, a avelã, e a amêndoa.

Esse tipo de alimento apresenta uma variedade de nutrientes essenciais para o bom funcionamento do corpo, além da presença de substâncias com propriedades de alegação de saúde, também chamados de compostos biologicamente ativos.

A comunidade científica têm realizado pesquisas cada vez mais específicas acerca destes alimentos, devido aos benefícios que proporcionam à saúde. Por isso, torna-se cada vez mais importante o estímulo ao consumo das oleaginosas na alimentação habitual dos brasileiros.

VEJA TAMBÉM: Entenda o que é a castanha de caju, como usar e onde comprar esse poderoso alimento!

Agora, confira 7 benefícios da castanha de caju:

1. Boa quantidade de proteínas e excelente perfil de aminoácidos

A castanha de caju apresenta um excelente perfil de aminoácidos essenciais, aqueles que o corpo não é capaz de produzir e que, por isso, precisamos consumir através da alimentação. Esses aminoácidos são fundamentais para o correto funcionamento das células do nosso corpo. Além disso, a castanha de caju contém um teor considerável de glutamina, aminoácido importante para indivíduos em estado catabólico devido a quadro de desnutrição ou pós operatório, por favorecer a gliconeogênese hepática, ou seja, a geração de glicose por outros substratos que não os carboidratos, o que promove maior preservação do tecido muscular.

2. Perfil de ácidos graxos favorável à prevenção de doenças cardiovasculares

O conteúdo de óleos da castanha de caju é composto principalmente pelos ácidos oleico e linoleico. Essa composição de ácidos graxos é importante para a saúde porque contribui para a diminuição da fração de Lipoproteínas de Baixa Densidade (LDL) e de Muito baixa densidade (VLDL) responsáveis pelo aumento de colesterol sérico. Estudos comprovaram a melhora do perfil lipídico sérico de indivíduos que passaram a consumir a castanha, além de efeito positivo sobre a hiperglicemia (alta quantidade de açúcar no sangue) moderada demonstrando que a mesma pode auxiliar na prevenção de doenças como a hipercolesterolemia e o diabetes mellitus.

3. Conteúdo mineral importante para o combate às carências nutricionais

A castanha de caju contém em sua composição diversos minerais como o fósforo, o zinco, o selênio e o ferro, responsáveis por diversas funções no corpo, como: crescimento e manutenção da saúde de tecidos corporais, correto funcionamento do sistema de defesa do organismo e transporte de substâncias fundamentais à saúde. Apresenta também alto teor de potássio e baixa concentração de sódio (quando consumida sem a adição de sal), favorecendo o controle hidroeletolítico e, consequentemente, gerando um equilíbrio da pressão arterial.

4. Composição em esteróis que protegem o coração

A castanha de caju contém quantidade considerável de fitoesterol, especialmente o beta-sitoesterol que, por possuir estrutura semelhante ao colesterol, pode auxiliar na diminuição da sua absorção intestinal e, assim, reduzir a fração LDL e de colesterol total plasmático. Pesquisas científicas mostram que o consumo de 2 gramas de fitoesteróis por dia pode reduzir 10% do LDL e, quando associado à uma dieta baixa em gorduras saturadas, essa redução pode chegar a 20%.

5. Prevenção do câncer de cólon, mama e próstata

Os fitoesteróis presentes na castanha de caju também podem prevenir o câncer de cólon, mama e próstata. O mecanismo de ação dos fitoesteróis na prevenção do câncer está baseado em sua ação benéfica sobre a estrutura, fluidez e funções enzimáticas das membranas celulares, além de estímulo à apoptese e à função imune celular e inibição da metástase.

6. Diminuição do estresse oxidativo e prevenção do envelhecimento precoce

A presença de compostos biotivos antioxidantes na castanha de caju auxiliam na redução do estresse oxidativo, o que previne a deterioração das células, favorecendo a proteção do organismo contra o envelhecimento precoce e promovendo consequentemente uma pele mais jovem, quando o consumo for acompanhado de uma alimentação equilibrada e saudável, além de uma adequada hidratação.

7. Presença de magnésio na regulação das funções corporais

A castanha de caju conta com o mineral magnésio que participa de mais de 300 atividades corporais, incluindo funções neuromusculares, do sistema imunológico, de produção de energia e de síntese proteica. A literatura científica mostra que algumas doenças neuropsiquiátricas como depressão, estresse e ansiedade também podem ser desencadeadas pela deficiência de magnésio.

Não abra mão dos benefícios que uma porção de castanha de caju pode trazer para a sua saúde e bem estar!

Referências:

  1. Freitas, JB & Naves, MMV. Composição química de nozes e sementes comestíveis e sua relação com a nutrição e saúde. Rev. Nutr., Campinas, 23(2): 269-279, mar./abr., 2010.
  2. Ecycle Portal. Home > Castanha de caju: propriedades, benefícios e riscos. Disponível em https://www.ecycle.com.br/component/content/article/62-alimentos/5614-castanha-de-caju-suas-propriedades-beneficios-e-riscos.html. Acesso em 02.07.2018.
  3. Saúde Abril. Alimentação >Bem-estar. Castanhas: um punhado de saúde. Disponível em https://saude.abril.com.br/bem-estar/castanhas-um-punhado-de-muita-saude/. Acesso em 02.07.2018.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *