Alfarroba: o que é, benefícios, como usar e onde comprar

Tem aroma, cor, textura e sabor de chocolate, mas não é chocolate? Sim! É a alfarroba, um fruto nativo dos países mediterrâneos que conta com açúcares naturais, proteínas, alto teor de fibras e antioxidantes, possui menos gorduras que o cacau e não contém cafeína, nem substâncias anti-nutricionais.

Se interessou? Conheça os benefícios da alfarroba, uma alternativa saudável ao chocolate tradicional que pode ser usada em diversas receitas!

O que é a Alfarroba

A alfarroba (do árabe al karrub, a vagem) é proveniente da alfarrobeira, uma árvore resistente à seca e que consegue sobreviver e crescer em regiões de solos muito pobres.

O fruto da alfarroba é constituído por uma vagem que possui de 10 a 17 sementes, retiradas e processadas industrialmente. Estas sementes após secagem, trituração e torrefação dão origem ao pó ou farinha de alfarroba, que possui sabor naturalmente doce, cor e aroma bastante similares ao cacau.

Apesar de sua origem nos países mediterrâneos, a alfarroba começou a ser largamente utilizada na Grécia, foi introduzida na Itália, e depois levada para Espanha e Marrocos. A alfarroba é consumida em muitos países árabes sob a forma de doces e de bebida durante o Ramadan (nono mês do calendário islâmico, mês durante o qual os muçulmanos praticam o seu jejum ritual).

A farinha de alfarroba foi então difundida para o mundo graças à sua qualidade nutricional. No Brasil, começou a ser cultivada somente por volta de 1911, na região Nordeste, mais especificamente no estado do Ceará, mas não conseguiu prosperar, chegando quase à completa extinção no país.

Mas, antes disso acontecer, o Jardim Botânico de São Paulo importou mudas vindas de Portugal e as tentativas de plantio organizado da alfarrobeira tiveram sucesso, restando algumas espécies que conseguiram se desenvolver em terras brasileiras.

Resumo:

A alfarroba é uma semente extraída de uma árvore de origem mediterrânea, a alfarrobeira, com sabor naturalmente adocicado, cor e aroma semelhantes ao cacau e, por isso, pode ser um alimento substituto do chocolate.

Benefícios da Alfarroba para a saúde

Os benefícios da alfarroba são inúmeros! Para você ter uma ideia, é considerada um dos alimentos mais ricos em amido e proteínas e já foi parte importante da dieta de muitos povos indígenas.

A polpa extraída é rica em carboidratos simples (sacarose, glicose e frutose), proteínas, vitamina A, vitaminas do complexo B (principalmente as vitaminas B1 e B2), fibras e minerais, como cálcio, ferro e fósforo, além de ter baixo teor de gorduras.

A alfarroba não contém glúten, podendo ser consumida por pessoas celíacas e possui potencial antioxidante muito elevado, semelhante ao do azeite e do vinho, o que leva os pesquisadores a acreditarem que os componentes do fruto podem ser úteis no combate aos radicais livres e às doenças crônico-degenerativas como a hipertensão, o diabetes e o câncer.

O seu poder medicinal envolve efeitos que:

  • Protegem o coração;
  • Interferem no desenvolvimento das células tumorais;
  • Contribuem com o bom funcionamento do trato gastrointestinal, favorecendo a digestão;
  • Ajudam a acelerar o metabolismo;
  • Reduzem o armazenamento de gorduras;
  • Previnem o surgimento e desenvolvimento de doenças e o envelhecimento precoce.

Resumo:

A alfarroba é fonte de energia, pois contêm açúcares naturais. É também rica em proteínas, fibras, vitaminas A e do complexo B, além de minerais como o cálcio, o ferro e o fósforo e de muitos antioxidantes. Por isso, favorece o funcionamento do intestino, previne diversas doenças e também o envelhecimento precoce.

Alfarroba x Cacau

A farinha de alfarroba é um produto saudável de alto valor nutritivo, baixo índice glicêmico e alta quantidade de fibras naturais. Quando comparada ao cacau, a alfarroba tem grandes vantagens, apesar da semelhante aparência, e destaca-se o benefício de não possuir compostos estimulantes como a cafeína e a teobromina.
Para os viciados em chocolate é importante saber que em doses muito elevadas, a cafeína pode provocar a libertação intracelular de íons de cálcio desencadeando pequenos tremores involuntários, aumento da pressão arterial e da frequência cardíaca. A cafeína também aumenta a concentração de dopamina no sangue, o que pode favorecer quadros de compulsão, inclusive a alimentar.
A alfarroba contém menos gorduras e maior teor de carboidratos em relação ao cacau em pó e é exatamente a sua composição menos calórica e com teor reduzido de lipídios, associada à pequena quantidade de compostos considerados anti-nutricionais (como as metilxantinas), que são apontadas como as principais vantagens para utilizar a alfarroba como um substituto do chocolate. Além disso, a farinha de alfarroba possui custo inferior ao cacau!
O cacau, apesar de ser mais calórico e rico em cafeína, também apresenta vários benefícios para a saúde quando consumido com moderação. Portanto, o segredo é ter atenção às quantidades e variar a dieta! A alfarroba é um alimento que pode ajudar você chocólatra a reduzir aos poucos seus excessos com chocolate e ainda introduzir na rotina alimentar mais uma opção nutritiva.
Resumo:
A alfarroba, quando comparada com o cacau, possui menor valor calórico, menos gorduras, baixo índice glicêmico, reduzida quantidade de compostos que atrapalham a absorção de alguns nutrientes, e ainda não possui substâncias estimulantes como a cafeína em sua composição!

Como consumir e onde comprar

Esta alternativa saudável pode ser utilizada como um substituto do cacau na formulação de biscoitos, massas, sobremesas, sorvetes, bebidas lácteas e achocolatados.

O consumo de alfarroba pode ajudar a reduzir o açúcar da sua dieta, pois tem sabor adocicado e não requer adição de açúcar no seu processamento industrial, por isso proporciona um dulçor natural e seu aroma é forte e contrastante como o café, o que a torna um ingrediente interessante e versátil na culinária.

A alfarroba em pó pode ser encontrada no setor de produtos naturais dos supermercados, no mercado municipal de sua cidade e em lojas físicas e sites especializados na venda de alimentos saudáveis. Para que você aproveite desde já os benefícios da alfarroba, confira 4 receitas que atendem a todos os gostos e necessidades:

A prática:

Panqueca de alfarroba

Ingredientes:

  • 1 ovo
  • 2 claras de ovo
  • 2 colheres de sopa de aveia
  • 1 colher de sopa bem cheia de farinha de alfarroba

Modo de Preparo:

Misture todos os ingredientes em um recipiente. Numa frigideira, coloque um pouquinho de óleo de coco. Despeje metade do conteúdo na frigideira. Espere as bordas soltarem para virar a panqueca. Faça o mesmo procedimento com o restante da mistura.

A amada por todos e glúten free:

Brigadeiro de alfarroba

Ingredientes:

  • 50 g de oleaginosas ou pasta de oleaginosas (pode usar avelãs, nozes ou amêndoas)
  • 1 colher de sopa de alfarroba
  • 5 ameixas secas escorridas, após ficarem de molho durante 2 horas
  • 1 colher de chá de açúcar mascavo

Modo de preparo: 

Bater as ameixas no liquidificador até conquistar uma pasta homogênea. Reserve. Triture as oleaginosas com a alfarroba. Misture o preparo com a pasta de ameixa. Acrescente um pouco de açúcar mascavo para ajustar a doçura do brigadeiro (as ameixas e a própria alfarroba já tem sabor adocicado). Você pode enrolar o doce no coco ralado, amêndoas laminadas, em castanhas, alfarroba em pó ou amendoim.

A vegana

Bolo de cenoura com cobertura de alfarroba

Ingredientes:

  • 3 cenouras médias
  • 1/2 xícara de leite de soja
  • 1/2 xícara de óleo de girassol
  • 1 colher de sopa de essência de baunilha
  • 2 xícaras de farinha de trigo
  • 3/4 xícara de açúcar demerara
  • 2 colheres de sopa de fermento em pó

Modo de preparo:

Bater no liquidificador as cenouras, o leite de soja, o óleo e a baunilha até formar um creme. Coloque em uma vasilha e acrescente a farinha, o açúcar e o fermento. Misture bem e coloque em uma forma media untada e asse por 25 minutos em forno médio.

Cobertura de Alfarroba

  • 1 xícara de leite de coco
  • ¼ xícara de açúcar demerara
  • 1 colher de chá de essência de baunilha
  • 2 colheres de sopa de amido de milho
  • 2 colheres de sopa de alfarroba em pó
  • 1/2 colher de chá de cevada em pó

Modo de preparo:

Bater todos os ingredientes no liquidificador até formar um creme. Levar ao fogo médio e mexer constantemente até engrossar um pouco. Não cozinhar por muito tempo. Desligar o fogo assim que engrossar. Levar a geladeira e só depois cobrir o bolo com a cobertura.

A diferentona fit

Sorvete de batata doce e alfarroba

Ingredientes:

  • 2 xícaras de batatas doces cozidas e sem casca
  • 1/2 xícara de leite de amêndoas
  • 1 pitada de canela em pó
  • 6 colheres de sopa de alfarroba em pó
  • 3 tâmaras hidratadas (de molho na água previamente por no mínimo 1 hora)

Modo de preparo:

Misture todos os ingredientes no liquidificador até que fiquem bem dissolvidos. Despeje numa tigela ou em moldes de picolé e leve ao freezer por no mínimo 3 horas. Retire do freezer e deixe descansar uns 10 minutos antes de servir. Se prepare, pois ficam cremosos e deliciosos!

Viu só como a alfarroba pode trazer a doçura para a sua alimentação, tornando-a mais saudável? Esse alimento contribui com a perda de peso e ainda pode atender às necessidades de intolerantes ao glúten, celíacos, diabéticos e até veganos! Inclua essa deliciosa alternativa ao cacau na sua rotina alimentar.

Os benefícios aqui relatados dependem do consumo frequente da alfarroba associado à uma alimentação equilibrada, e podem variar de pessoa para pessoa. Para melhorar a sua dieta ou adaptá-la ao seu estilo de vida e condições de saúde específicas procure sempre um nutricionista!

Referências:

  1. Martins, A.M. Alfarroba: uma opção saudável de substituição ao cacau. Nutrivisa – Revista de Nutrição e Vigilância em Saúde. Volume 2 ∙ Número 3 ∙ Novembro/2015-Fevereiro/2016. Disponível em: https://www.revistanutrivisa.com.br/wp-content/uploads/2016/03/nutrivisa-vol-2-num-3-h.pdf
  2. Junior, E.M.F et al. Elaboração de produtos alimentícios com farinha de alfarroba (Ceratonia siliqua L.).  Brazilian Journal of Food Research, Campo Mourão, v. 8, n. 1, p. 80-90, jan./mar. 2017. Disponível em: https://periodicos.utfpr.edu.br/rebrapa/article/download/3748/pdf
  3. Site Guia da Semana >Home >Receitas >Receitas fáceis com alfarroba. Autora: Anna Thereza de Almeida. Disponível em: https://www.guiadasemana.com.br/receitas/galeria/receitas-faceis-com-alfarroba

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *