Benefícios do Pêssego, suas vantagens para a dieta e receitas

PUBLICIDADE

O pêssego, da mesma família da nectarina, da ameixa, da cereja e do damasco é uma fruta com casca de textura aveludada, polpa macia e suculenta e sabor adocicado, muito apreciada em todo o mundo!

Mas esta fruta não se destaca apenas pela aparência que dá água na boca, mas também pelo seu alto teor de antioxidantes, fibras, vitaminas A e C que contribuem para a prevenção de doenças, para o bom funcionamento do sistema gastrointestinal e, além disso, ajudam a conquistar aquela famosa “pele de pêssego”.

Quer saber mais detalhes sobre os benefícios do pêssego? Então confira tudo o que essa fruta especial pode fazer pela sua saúde!

Um pouco mais sobre o pêssego

O pessegueiro ou Prunus Persica (que significa maçã da Pérsia) é uma árvore frutífera tradicional, considerada um símbolo de longevidade.

Apesar de ter origem na China, acreditava-se até o século XIX que o pessegueiro havia surgido na Pérsia, mas depois foi descoberto que mudas foram levadas até esse país, de onde ela se espalhou por toda a Europa e mundo afora.

O fruto do pessegueiro foi trazido para o Brasil por volta do ano 1532 pelo português Martin Afonso de Souza. Hoje o pêssego está entre as dez frutas mais produzidas no mundo, sendo que o nosso país ocupa a décima segunda posição, produzindo mais de 238 mil toneladas por ano.

A região sul, especialmente o estado do Rio Grande do Sul, concentra a maior parte da produção nacional de pêssegos e a cidade de Pelotas é considerada uma das maiores produtoras de pêssego em calda do nosso país, uma das principais formas de consumo dessa fruta que também pode ser utilizada para a elaboração de conservas, doces, geleias, sucos, licores e sorvetes.

Existem várias espécies de pêssego, que de acordo com a variedade podem ser alongadas ou arredondadas, com cor que varia entre o branco, o amarelo e o vermelho ou uma mistura dessas cores. A maioria dos pêssegos apresentam a polpa branca ou amarela, que podem ter o caroço solto, que tem a polpa mais macia e fácil digestão, ótima para consumo in natura, ou o caroço aderente, que tem a polpa dura e é apropriado para preparar compotas.

A safra do pêssego vai de novembro a janeiro, quando a fruta pode ser encontrada com facilidade e em ótimas condições.

Resumo: 

O pêssego é uma fruta da árvore pessegueiro ou Prunus Persica, de textura aveludada, polpa macia e suculenta e cores entre branco, amarelo e vermelho, que apesar de ter sido disseminada pelo mundo pela Pérsia é de origem chinesa. Este fruto está entre os 10 mais produzidos no mundo e no Brasil tem a produção concentrada especialmente no estado do Rio Grande do Sul.

Saiba mais: Ameixa: Tipos e variedades e benefícios

Benefícios do pêssego

Antes de conhecer os principais benefícios do pêssego, vamos à composição nutricional dessa delícia de verão!

Pêssego – 1 unidade grande (100g)

  • Valor calórico: 39 kcal
  • Carboidrato – 8,38 g
  • Proteína – 0,91 g
  • Lipídeos – 0,25 g
  • Fibra – 1,50 g
  • Potássio – 190 mg
  • Fósforo – 20 mg
  • Magnésio – 9 mg
  • Cálcio – 6 mg
  • Ferro – 0,25 mg
  • Manganês – 0,06 mg
  • Vitamina A – 16,29 mg
  • Vitamina C – 6,6 mg
  • Vitamina E – 0,71 mg

Agora que você conferiu como o pêssego é rico em fibras, vitaminas e minerais, conheça 5 benefícios que esta fruta pode trazer para a sua saúde!

  1. Favorece o funcionamento do intestino e reduz o colesterol do sangue: a grande quantidade de fibras presentes no pêssego contribui com a regularização do trânsito intestinal e atua como alimento de bactérias benéficas que colonizam o intestino, tornando-o mais saudável e auxiliando na prevenção do aumento nos níveis de colesterol sanguíneo, ao favorecer a eliminação intestinal dos excessos de gordura.
  2. Fortalece o sistema imunológico, otimizando as defesas do organismo: o sistema de defesa do organismo fica fortalecido com o consumo regular de alimentos fontes de vitamina C, vitamina A e outros antioxidantes presentes no pêssego, que combatem os agentes nocivos causadores de doenças e ainda deixam o corpo mais forte e protegido contra novas ameaças, o que é reforçado pelo intestino íntegro, já que este órgão é considerado o segundo cérebro.
  3. Combate os radicais livres, prevenindo doenças e o envelhecimento precoce: essa fruta é rica nos antioxidantes polifenóis que combatem os radicais livres, compostos tóxicos formados no organismo quando as células do corpo são oxidadas além do normal, causando danos que podem provocar doenças como o câncer e acelerar o surgimento dos sinais de envelhecimento.
  4. Contribui com a integridade da saúde dos olhos e com a beleza da pele e dos cabelos: a vitamina A do pêssego, que faz parte do grupo dos carotenóides, age diretamente na integridade da visão, protegendo a córnea, além de contribuir com a saúde da pele, melhorando sua maciez e elasticidade, e fortalece os fios de cabelo, que ficam mais resistentes, menos porosos e mais brilhantes quando o consumo dessa vitamina está em dia.
  5. Ajuda a prevenir a desidratação corporal e tem ação diurética: o fruto do pessegueiro é rico em água e no mineral potássio, que juntos e aliados ao sódio ajudam na reposição hídrica e de eletrólitos fornecendo os líquidos que o organismo precisa e favorecendo a manutenção de um estado adequado de hidratação. O pêssego ainda favorece a eliminação dos líquidos retidos, a prevenção de câimbras e facilita a contração muscular.
  6. Pode melhorar o humor e prevenir a depressão: o mineral magnésio é importante para o bem estar psicológico, pois funciona como um protetor do cérebro, diminuindo o impacto da ansiedade e do estresse no sistema nervoso, o que previne a depressão. O magnésio também contribui na melhor absorção dos outros nutrientes, potencializando a eficácia na função de cada um deles no organismo.
VEJA TAMBÉM:  Semente de sésamo: o que é, benefícios, como usar e onde comprar

O pêssego também é bom para a coagulação sanguínea, melhorando a capacidade de cicatrização do organismo, aprimora o metabolismo dos carboidratos, e contribui com a saúde de ossos e dentes, pois conta com quantidades significativas de vitamina K, vitaminas do complexo B e fósforo, além do cálcio.

Resumo: 

Os benefícios do pêssego incluem melhorar o funcionamento intestinal, reduzir o colesterol, fortalecer o sistema imunológico prevenindo doenças e o envelhecimento precoce e ainda contribuir com o equilíbrio do metabolismo e a saúde dos olhos, ossos e dentes. Além disso, a pele e cabelo ficam mais bonitos com o consumo regular dessa fruta. Tudo isso, graças às fibras, vitaminas A e C e minerais como fósforo, potássio e magnésio presentes em sua composição!

Leia também: Benefícios do damasco e receitas saudáveis

Vantagens de incluir o pêssego na dieta

Como o pêssego é uma fruta com poucas calorias, tem mais de 90% de água, teor reduzido de açúcares e é rica em fibras, pode ajudar e muito quando incluída na rotina da dieta. Isso porque favorece o equilíbrio do metabolismo, tem baixo índice glicêmico, o que evita o acúmulo excessivo de gordura corporal e ainda ajuda a combater a retenção de líquidos.

Tudo o que o corpo precisa no processo de emagrecimento e manutenção de um peso saudável! Além disso, é importante deixar claro que o pêssego não é bom apenas para quem quer perder peso, mas para todos que desejam incluir um alimento nutritivo e saboroso, que ajuda a colocar o corpo para funcionar na alimentação do dia a dia.

Receitas com Pêssego

Além de nutritivo e uma ótima opção para a dieta, o pêssego pode ser consumido fresco, acrescentado a saladas de frutas ou cozido com carnes e aves, servindo como guarnição ou para compor um surpreendente molho agridoce. Ele também pode ser assado, grelhado ou escaldado para fazer bolos, tortas e outras sobremesas, como pêssegos em calda. Aproveite essa seleção imperdível de receitas com pêssego!

Pavê de pêssego

Ingredientes:

  • 1 lata de pêssego em calda
  • 1 pacote de bolacha champagne
  • 1 lata de leite condensado
  • 2 latas de leite (use a lata do leite condensado)
  • 3 colheres (sopa) de amido de milho
  • 3 ovos (separe as gemas)
  • 1 colher (sopa) essência de baunilha
  • 1 lata de creme de leite
  • 3 colheres (sopa) de açúcar
  • 1 pacote (pequeno) de coco ralado

Modo de preparo:

Creme:

  1. Em uma panela coloque o leite condensado, o leite, as gemas, o amido de milho e a baunilha.
  2. Misture bem e leve ao fogo, sem parar de mexer, até engrossar e virar um creme liso, deixe esfriando.
  3. Escorra o pêssego e reserve a calda.
  4. Pique em cubinhos (caso queira, reserve alguns pedaços para decorar).
  5. Misture o pêssego picado ao creme.

Cobertura:

  1. Bata as claras em neve, acrescente o açúcar e misture bem.
  2. Acrescente o creme de leite e, após misturar bem, deixe reservado na geladeira.

Montagem:

  1. Em um recipiente médio, coloque uma camada de creme e uma camada de bolacha levemente umedecida na calda do pêssego (rapidamente para não amolecer).
  2. Faça camadas de creme e bolachas, sendo a última de creme.
  3. Despeje a cobertura por cima e espalhe coco ralado.
  4. Você pode decorar a sobremesa com alguns pêssegos
  5. Leve à geladeira por algumas horas e estará pronto para servir!
VEJA TAMBÉM:  Benefícios do damasco e receitas saudáveis

Torta de pêssego

Massa clássica de torta: 

Ingredientes:

  • 100 gramas de manteiga sem sal fria
  • 1/2 colher (sopa) de açúcar
  • 180 gramas de farinha de trigo
  • 1/2 colher (chá) de sal fino

Modo de preparo:

  1. Em uma tigela média, misture a farinha, o açúcar e o sal.
  2. Meça 60 mL de água e adicione alguns cubos de gelo, até que a água fique bem gelada.
  3. Corte a manteiga em pedaços e coloque na mistura de farinha.
  4. Coloque a mistura em um processador de alimentos e pulse em pequenas rajadas até que os pedaços de manteiga fiquem do tamanho de uma avelã.
  5. Pulsando em rajadas de 4 segundos, despeje devagar a água no tubo do processador.
  6. Assim que a massa ficar em formato de bola, pare de adicionar a água. Remova a massa do processador.
  7. Achate a massa em forma de disco.
  8. Embale o disco em papel manteiga e depois em papel plástico.
  9. Refrigere a massa até que ela fique firme, cerca de 1 hora (a massa pode ficar refrigerando por até 3 dias ou congelada por até 3 meses).
  10. Se você tiver congelado, deixe descongelar na geladeira antes de prosseguir com a sua receita.

Recheio de pêssegos em calda:

Ingredientes:

  • 10 metades de pêssego enlatado
  • 50 gramas de gema de ovo
  • 70 gramas de clara de ovo
  • 200 gramas de nata
  • 2 colheres de sopa de mel
  • 1/4 colher (chá) de sal
  • 90 gramas de açúcar mascavo
  • 15 gramas de farinha de trigo

Cobertura:

  • 90 gramas de açúcar mascavo
  • 80 gramas de farinha de trigo
  • 50 gramas de manteiga sem sal cortada em pedaços de 1,3 cm

Modo de preparo:

Massa:

  1. Jogue um pouco de farinha em uma área para trabalhar a massa.
  2. Abra a massa em um círculo de 30 cm.
  3. Transfira a massa para uma forma de torta e cuidadosamente trabalhe-a, cobrindo cada beirada, franzindo a massa conforme as bordas da forma.
  4. Embale com papel plástico e refrigere por pelo menos 30 minutos.
  5. Preaqueça o forno a 200°C.

Recheio de pêssego em calda:

  1. Disponha as metades cortadas dos pêssegos (viradas para baixo) no fundo da massa da torta.
  2. Em uma tigela média, misture os ovos, a nata e o mel, até que eles se homogenizem.
  3. Acrescente o sal, o açúcar mascavo e a farinha. Mexa a mistura até que ela fique uniforme.
  4. Despeje a mistura sobre os pêssegos.

Cobertura:

  1. Coloque o açúcar, a farinha e a manteiga em uma tigela.
  2. Com as pontas dos dedos e o mais rápido que conseguir, trabalhe a manteiga nos ingredientes secos até que a misture se assemelhe a uma areia grossa.
  3. Disponha por cima dos pêssegos.
  4. Asse por 45 minutos, ou até o recheio borbulhar (coloque uma assadeira debaixo da forma da torta para não sujar o forno, caso o recheio escorra para fora).
  5. Deixe a torta esfriar durante a noite antes de servir.

Bolo integral de pêssego

Ingredientes:

  • 2 pêssegos bem maduros – 375 gramas
  • 1 ovo médio
  • 50 gramas de uvas passas
  • 100 ml de leite (pode usar leite de aveia)
  • 100 gramas de flocos de aveia grossos
  • 100 gramas de flocos de aveia finos
  • 1 colheres (sobremesa) de fermento em pó
  • 2 colheres (sopa) de azeite
  • 2 colheres (sopa) de melaço de cana

Modo de preparo:

  1. Triture no liquidificador, os pêssegos, o ovo, as passas, o leite, o azeite e o melaço, até obter uma mistura lisa e homogênea.
  2. Coloque a mistura numa taça e acrescente, os flocos de aveia e o fermento, envolvendo tudo.
  3. Unte uma forma de silicone com azeite e despeje a mistura.
  4. Leve para cozinhar no microondas em potência média por 12 minutos ou até ficar cozido.
  5. Deixe repousar por 10 minutos e desenforme.
  6. Pode servir polvilhado com canela em pó

O pêssego é mais uma opção de fruta repleta de benefícios para melhorar a saúde e qualidade de vida. Invista!

Referências:

  1. Gettens, C.S. Propriedades funcionais, nutricionais e atividade antimicrobiana de subprodutos agroindustriais de pêssego e sua aplicação em cookies. Dissertação (Mestrado) – Programa de Pós-Graduação em Nutrição e Alimentos. Faculdade de Nutrição, Universidade Federal de Pelotas, 2016. 126 f. Disponível em: https://wp.ufpel.edu.br/ppgna/files/2016/02/Cristina-Gettens.pdf
  2. Moreno, M.B. e col. Qualidade de pêssegos “Maciel” sob armazenamento refrigerado com a utilização de embalagens. Rev. Iber. Tecnología Postcosecha, Vol 17(1):58-64, 2016. Disponível em: https://www.redalyc.org/html/813/81346341008/
  3. Portal São Francisco >Home >Alimentos >Pêssego. Disponível em: https://www.portalsaofrancisco.com.br/alimentos/pessego. Acesso em 03.02.2019.
PUBLICIDADE

Escrito por

Carla Lizandra

Nutricionista com CRN 44307 formada em Nutrição pela Universidade Presbiteriana Mackenzie

Cursos intensivos de extensão em Nutrição Clínica Aplicada e Personal Diet Pós graduanda em Nutrição Clínica: do Home-care ao Hospital

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *