Quais as funções da vitamina K2 e qual dosagem diária devemos tomar

https://www.superclubefit.com.br/wp-admin/post.php?post=4518&action=edit

A vitamina K2, ou menaquinona, é uma das formas naturais da vitamina K, e é produzida a partir de certas bactérias intestinais. Além da vitamina K2, a outra forma natural existente de vitamina K é a vitamina K1 (filoquinona), que é encontrada nas hortaliças.

A família das menaquinonas é constituída por uma série de vitaminas, designadas MK-n, sendo “n” o número de determinadas biomoléculas na cadeia lateral. As menaquinonas podem variar de 4 a 13 biomoléculas (MK-4 até MK-13).

Funções da vitamina K2

A vitamina K é amplamente conhecida por sua função na coagulação sanguínia. Entretanto, estudos mais recentes mostram que a importância dessa vitamina vai muito além, estando envolvida na homeostase (o equilíbrio do organismo), metabolismo ósseo e crescimento celular. Confira a seguir!

Processos de Coagulação

Existem alguns fatores de coagulação que são dependentes de vitamina K. Tanto as filoquinonas como as menaquinonas atuam nesse sistema, sendo indispensáveis para o funcionamento normal da coagulação do sangue, e assim evitando hemorragias.

Inibição de Tumores

Atualmente, o câncer é uma das doenças que mais levam à morte no mundo, estando atrás apenas das doenças cardiovasculares.

Alguns estudos mostraram que a vitamina K2 possui efeito inibidor no crescimento de células cancerígenas, além da redução do risco de mutações na fase de rápida proliferação celular em recém nascidos.

Formação dos Ossos

A perda de massa óssea começa a se elevar muito em mulheres após os 50 anos ou na menopausa. Em homens, essa perda também ocorre, porém de forma mais lenta. Essa diferença parece acontecer devido à diminuição de estrógenos na menopausa, favorecendo o aumento da perda de cálcio através da urina.

Estudos demonstram que a vitamina K2 participa do metabolismo ósseo, sendo essencial para a formação normal dos ossos.

A MK-4 pode aumentar a mineralização e diminuir a reabsorção óssea, de forma mais eficaz do que a vitamina K1. Dessa forma, a MK-4 poderia influenciar na renovação dos ossos, diminuindo perdas por desmineralização e, consequentemente, prevenindo a osteoporose.

Deficiência de Vitamina K

A vitamina K1 é amplamente distribuída em vegetais de folhas verdes e em outros alimentos. Sua alta disponibilidade oferecida pelos alimentos faz com que a deficiência por ingestão alimentar seja muito rara.

Porém, acredita-se que cerca de metade das necessidades de vitamina K possa ser derivada da produção endógena (do próprio corpo) de vitamina K2.  Dessa forma, o equilíbrio das bactérias intestinais é muito importante para evitar a deficiência de vitamina K.

Nesse ponto de vista, é muito importante controlar os fatores que afetam negativamente a saúde intestinal, como a disbiose (desequilíbrio da flora intestinal) e doenças intestinais, além de evitar a utilização prolongada de antibióticos.

Fontes de Vitamina K2

Como relatado anteriormente, a vitamina K2 é produzida por algumas bactérias presentes no intestino. Porém, é possível encontrar as menaquinonas em alguns alimentos.

Pequenas quantidades das menaquinonas de 4 a 9 são encontradas em carne de frango e certos tipos de queijos.

No entanto, a menaquinona-7 é encontrada em grande quantidade nas leguminosas (feijões, ervilha, lentilha, grão de bico), em especial na soja fermentada, conhecida como Natto.

Natto

A soja fermentada (Natto) é um alimento tradicional consumido no Japão. O Natto é produzido através da fermentação da soja cozida com Bacillus natto, e possui propriedades singulares.

De aparência viscosa, o Natto possui aroma e sabores fortes e muito característicos. Possui alta digestibilidade e é rico em proteínas, ferro e vitaminas do complexo B, como a Riboflavina (vitamina B2) e Cobalamina (vitamina B12).

O Natto faz parte da cultura japonesa desde muitos séculos atrás, mas foi em 2001 que pela primeira vez indicou-se esse alimento como uma das mais ricas fontes de vitamina K (MK-7).

O consumo usual de Natto é associado com efeitos benéficos na saúde óssea de homens e mulheres, além da prevenção do desenvolvimento de diabetes e câncer.

Suplementação de Vitamina K2

A suplementação de vitamina K na forma de MK-4 tem sido uma terapia comum para o controle da osteoporose em alguns países há anos, e parece regular a expressão de marcadores ósseos, bem como prevenir a diminuição da densidade óssea.

Qual dosagem de vitamina K2 devemos tomar?

A quantidade padrão suplementada é de 45 mg de MK-4 por dia em países que adotam a suplementação da vitamina K2 para a prevenção da osteoporose, sendo uma medida mais farmacológica do que nutricional.

Já com relação a MK-7, dosagens muito menores podem ser recomendadas, uma vez que sua biodisponibilidade e absorção são maiores que a de MK-4. A quantidade indicada é de apenas 45 mcg  de MK-7 por dia, ou seja, mil vezes menos.

Porém, essa quantidade poderia ser facilmente consumida sem a ajuda de suplementos, sob a forma de Natto (Cada 100 g possui aproximadamente 1000 mcg de MK-7).

Importante: os suplementos são medicamentos, e não devem, em nenhuma hipótese, serem consumidos sem acompanhamento de um profissional de saúde.

Saiba Mais sobre a Vitamina K

A vitamina K1, assim como a vitamina K2, exerce papel fundamental para o funcionamento normal do nosso organismo. Saiba quais os principais alimentos que são ricos em vitamina K.

E para entender melhor sobre essa vitamina super importante, confira nosso texto sobre todas as funções da vitamina K em nosso corpo.

Referências:

  1. Cozzolino, SMF. Biodisponibilidade de Nutrientes. 4ᵃ ed. São Paulo:Manole, 2012.
  2. Ross, AC et al. Nutrição Moderna de Shils – na Saúde e na Doença. 11ᵃ ed. São Paulo:Manole, 2014.
  3. Dôres, SMC. Funções Plenamente Reconhecidas de Nutrientes – Vitamina K. Série de Publicações ILSI Brasil. 2010. Disponível em: http://ilsi.org/brasil/wp-content/uploads/sites/9/2016/05/14-Vitamina-K.pdf
  4. Shurtleff, W., Aoyagi, A. History of Natto and its Relatives. Soyinfo Center. 2012. Disponível em: http://www.soyinfocenter.com/pdf/151/Natt.pdf

3 comentários em “Quais as funções da vitamina K2 e qual dosagem diária devemos tomar”

  1. Tomo 1 cápsula de vitamina k2mk7 por dia,gostaria de saber se pode fazer uso contínuo ou não. Ou quanto tempo tomar. Tenho 56 anos.

    1. Fernanda Heitzmann
      Fernanda Heitzmann

      Neusa, como vai? A dosagem ideal da vitamina K, assim como o tempo ideal para uso devem ser decididos por um médico que acompanha seu histórico ou nutricionista!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *