Sorgo, a pipoca fit: o que é, benefícios e onde comprar

A procura e o interesse pelo sorgo aumentou muito nos últimos tempos por suas boas características nutricionais e funcionais.

Podendo ser utilizado como pipoca, assim como o milho, o sorgo (por muitos chamado de pipoca fit) proporciona vários benefícios à nossa saúde. Vamos conhecê-los?

O que é Sorgo e a pipoca feita a partir dele

O sorgo (Sorghum bicolor) é um cereal que teve sua origem no continente africano. Esse grão é o quinto cereal com a maior produção em todo mundo, vindo depois do arroz, do trigo, da cevada e do milho.

Um fato interessante sobre o sorgo é que por ser um alimento de fácil produção e muito versátil, calcula-se que mais de meio milhão de pessoas em países da África e Ásia se utilizam deste cereal como um alimento fundamental.

Nos países em desenvolvimento destes continentes, o sorgo chega a representar 70% da ingestão calórica diária. Por isso é considerado um alimento de papel importantíssimo.

O sorgo, na maioria dos países é muito utilizado para alimentação animal, até em maior quantidade do que para o consumo humano.

No entanto, em alguns países como os Estados Unidos, o interesse pelo sorgo e até mesmo pela farinha obtida através dele para alimentação humana, vem aumentando, visto que este cereal apresenta boa fonte de nutrientes e não possui glúten.

Ser livre de glúten, de certa forma enriquece a produção de biscoitos, pães, bolos e outros alimentos em que se utiliza a farinha de trigo. Pois, na substituição do trigo pelo sorgo, podemos encontrar uma alternativa para as pessoas com doença celíaca (intolerantes ou alérgicas ao glúten: contido no trigo, aveia, centeio e cevada).

A pipoca feita a partir deste cereal pode ser preparada da mesma maneira que a pipoca convencional de milho. Mas antes de te passar a receita e algumas dicas, vamos conhecer melhor os benefícios dessa pipoca.

Benefícios da pipoca fit de Sorgo

O grão de sorgo tem o amido como seu principal componente. Proteínas e outros carboidratos, além dos lipídios (gorduras) também estão presentes neste cereal. A composição nutricional do sorgo, quando comparada a do milho, possui maior quantidade de proteínas e menos carboidratos.

O sorgo é considerado uma ótima fonte de minerais como zinco, ferro, magnésio, cálcio, fósforo, entre outros.

Além dos minerais, algumas propriedades nutricionais são muito interessantes neste grão. O sorgo apresenta amido resistente, fibra alimentar e compostos bioativos, ou seja, nutrientes que podem auxiliar na prevenção de doenças.

As fibras alimentares contribuem para a saúde do nosso trato gastrointestinal, beneficiando também nossa saúde cardiovascular, previnem alguns tipos de câncer e ainda controlam a diabetes tipo 2.

Um adulto tem sua recomendação diária de fibras em torno de 20g a 35g. Essa quantidade pode ser adquirida com uma alimentação diversificada em frutas, legumes e cereais como o sorgo.

Já o amido resistente pode contribuir para que a glicose, o “açúcar” dos alimentos que ingerimos, seja absorvido de maneira mais lenta após as refeições. Este fato é um benefício ao nosso organismo, pois evita picos do hormônio insulina.

Além disso, o amido resistente também contribui para a redução do colesterol LDL, considerado o colesterol ruim, e dos triglicerídeos que circulam em nosso sangue.

O sorgo também apresenta compostos antioxidantes como taninos, ácidos fenólicos, entre outros. Algumas pesquisas sugerem que os taninos têm capacidade protetora contra ganho de peso e diabetes.

Função Antioxidante

Um estudo que comparou a capacidade antioxidante do sorgo com a de frutas usualmente conhecidas como protetoras contra os radicais livres, demonstrou que o sorgo apresenta uma capacidade muito superior à elas.

Ficando acima dos mirtilos, uvas, morangos e ameixas no combate aos radicais livres, este cereal possui capacidade de intensificar o processo de destoxificação e, consequentemente, atua na prevenção de doenças e no combate ao envelhecimento precoce das células.

Como fazer e onde comprar

O modo de preparo da pipoca fit não é muito diferente da pipoca de milho convencional.

Você vai precisar de:

  • 1/2 xícara de grão de sorgo para…
  • 1 colher de sopa de óleo vegetal ou azeite.

Coloque o óleo dentro de uma panela e deixe esquentar.

Despeje os grãos e fique mexendo até que comece a estourar. Então, assim que começar, tampe a panela e espere que os grãos estourem completamente.

Dicas

Pode ocorrer que as pipocas fiquem um pouco menores das que estamos acostumadas feitas com milho, ou também pode ocorrer que não estourem todos os grãos, mas normal! A pipoca tem até um sabor bem parecido com a pipoca de milho.

Tempere com ervinhas da sua preferência, lembrando sempre de evitar o excesso de sal! Uma boa dica é utilizar o sal de ervas, veja aqui como fazer!

Você pode encontrar o grão de sorgo à venda em lojas de produtos naturais online ou lojas físicas.

Referências: 

  1. Queiroz, Valeria Aparecida Vieira, et al. O sorgo na alimentação humana. Embrapa Milho e Sorgo, 2009. Disponível em: https://core.ac.uk/download/pdf/15434501.pdf
  2. Martino, Hércia Stampini Duarte, et al. “Por que utilizar o sorgo na alimentação humana?.” Embrapa Milho e Sorgo-Capítulo em livro científico (ALICE), 2014. Disponível em: https://www.alice.cnptia.embrapa.br/bitstream/doc/993054/1/Sorgoalimentacao.pdf
Marcações:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *