Tipos de geleias que podem ser incluídas na sua dieta

As geleias podem ser aliadas para a dieta e para a sua saúde, mas atenção, geleias não são todas iguais! Além da variedade de sabores, variam também em sua composição. Aprenda aqui o que observar no momento de escolher a melhor geleia para o seu dia-a-dia e indicações sobre algumas marcas disponíveis no mercado.

Lista de ingredientes

Todo mundo já sabe a importância de consultar a tabela nutricional dos produtos industrializados quando o assunto é dieta, optando por produtos que melhor se adequam aos seus objetivos – menos calóricos, com menor teor de gorduras ou com maior quantidade de fibras, por exemplo. Mas o que nem todo mundo sabe é sobre a grande relevância da lista de ingredientes; ela pode ser uma aliada fundamental para melhores escolhas.

A lista de ingredientes apresenta todos os ingredientes presentes no produto em ordem decrescente, ou seja, o primeiro ingrediente da lista é aquele que está presente em maior quantidade no produto!

No caso das geleias, de maneira geral, deve-se optar por produtos que apresentem:

  • Menores listas de ingredientes;
  • Ingredientes reconhecidos, que normalmente se encontra em uma cozinha doméstica;
  • Fruta como primeiro ingrediente (o que indica que a fruta está presente em maior quantidade naquele produto);
  • Ausência ou pequena quantidade de açúcar ou outros agentes adoçantes;
  • Ausência ou menor número de aditivos alimentares (conservantes, corantes, estabilizantes, etc.).

Benefícios gerais das geleias

As geleias podem ser fontes de energia práticas e saborosas para compor diversas dietas. Quanto maior a quantidade de fruta presente e menor a quantidade de açúcar ou outro agente adoçante e aditivos, melhor será a composição da geleia, pois dessa maneira ela se aproximará da composição original da própria fruta que a compõe.

Geleias 100% fruta ou com quantidades relevantes de fruta serão frequentemente ricas em vitaminas, minerais e fibras, além de poderem apresentar compostos bioativos, presentes em grande variedade e quantidade na maioria dos alimentos vegetais, inclusive nas frutas, e que podem exercer diversos benefícios à saúde e proteger o organismo.

Frequentemente as geleias de fruta terão a presença da vitamina C, fundamental para a imunidade, para saúde da pele e das articulações. Além disso, esta vitamina e outros componentes encontrados nas diferentes frutas apresentam potente ação antioxidante, ou seja, protegem o corpo contra danos causados pelos radiciais livres, prevenindo uma séria de doenças e o envelhecimento precoce.

As geleias ainda são aliadas para a dieta, pois podem “matar” aquela vontade de doce de uma maneira mais saudável e com menos calorias e gorduras se comparada a outros alimentos de paladar doce.

A versatilidade das geleias é outro ponto a favor deste produto; elas podem ser consumidas com pães, torradas, queijos, sobremesas a até podem ser utilizadas em pratos salgados, como em molhos para saladas ou em carnes. Ainda, as geleias podem fazer parte de diversos momentos do seu dia: do café da manhã até os lanchinhos entre as refeições.

Listamos para você algumas marcas encontradas no mercado que podem ser incluídas na sua dieta. Confira abaixo:

1. Queensberry 100% fruta

A geleia apresenta fruta como primeiro ingrediente e utiliza suco concentrado de fruta para adoçar. Entre os ingredientes há também a pectina de fruta, importante para a consistência do produto. A geleia Queensberry 100% fruta apresenta 40% menos calorias se comparada com a geleia convencional da mesma marca, apenas 31 kcal em 1 colher de sopa (20g). O produto não apresenta a adição de conservantes, corantes ou aromatizantes. A geleia da linha estão disponíveis nos sabores: morango, amora, framboesa, frutas vermelhas, blueberry e damasco.

2. St. Dalfour

A marca francesa apresenta fruta como primeiro ingrediente, também utiliza suco de fruta como agente adoçante e têm adição de pectina. 1 colher de sopa (20g) apresenta 42-45 kcal e não apresenta aditivos alimentares. Além dos sabores mais tradicionais, a marca apresenta sabores como figo e quatro frutas (framboesas, morangos, amoras e cerejas), por exemplo.

3. Casa Madeira – Linha Zero açúcar

A geleia recebe em sua formulação suco de maçã concentrado, sendo este o responsável pela doçura do produto. Não apresenta adição de conservantes e de açúcar. Tem, em média, 70% menos calorias se comparada a geleias tradicionais. A linha Casa Madeira Zero Açúcar apresenta os sabores frutas vermelhas, amora e morango.

4. Queensberry – Linha Diet

As geleias da linha diet também apresentam fruta como primeiro ingrediente, são adoçadas com stévia (adoçante natural) e sucralose e apresenta 65% menos calorias, quando comparadas a uma geleia tradicional – 1 colher de sopa apresenta, em média, 24 kcal. A linha apresenta os sabores morango, amora, framboesa, frutas vermelhas, damasco, ameixa, goiaba, além de combinações de frutas (morango e goiaba, jabuticaba e amora).

5. Linea

A geleia da marca Linea tem fruta como primeiro ingrediente e é adoçada com sorbitol (adoçante natural) e sucralose, uma boa opção de adoçante artificial. A geleia apresenta alguns aditivos alimentares, mas ainda sim pode ser uma boa opção para dietas com controle de calorias e açucares; 1 colher de sopa apresenta, em média, 20 kcal. Os sabores disponíveis são: morango, goiaba, framboesa, amora, mirtilo, jabuticaba e damasco.

Tendências em geleias

Sabores locais

As geleias mais comuns no mercado e na casa dos consumidores são as que têm sabores de frutas europeias, como framboesa, morango, amora ou blueberry. Os países europeus e os Estados Unidos têm longa tradição na produção deste tipo de produto.

Mas e geleias de frutas brasileiras? Os brasileiros são especialistas nas compotas e doces de frutas, mas nas geleias ainda tem um caminho a percorrer e explorar. Hoje já começam a aparecer em marcas menores e artesanais e mesmo em marcas maiores alguns sabores brasileiros nas geleias, como açaí, jabuticaba e pitanga, por exemplo.

Geleias orgânicas

Cada vez é maior a procura por produtos orgânicos e o mercado das geleias não fica longe desta realidade. Os produtos orgânicos devem ser certificados, o que assegura que foram produzidos de acordo com os critérios de produção orgânica. Mas atenção, o fato de ser orgânica não garante que a geleia seja a melhor opção para a sua dieta! Confira a lista de ingredientes e a tabela nutricional, pois elas podem apresentar açúcares e outros ingredientes calóricos.

Agora que você sabe sobre os benefícios das geleias, como fazer melhores escolhas, além de ter nossas indicações para auxiliar na sua dieta, é só ir até ao mercado mais próximo e começar a usufruir dos diferenciais das geleias, dos seus diversos sabores e possibilidades em uma alimentação saudável!

Referências:

  1. Instituto de Defesa do Consumidor. Rotulagem adequada já. 2018. Disponível em: https://idec.org.br/rotulagem
  2. Queensberry. Disponível em: http://queensberry.ind.br/linhas/geleias_100/. Acesso em 28 de novembro de 2018.
  3. Linea Alimentos. Disponível em: https://lineaalimentos.com.br/. Acesso em 28 de novembro de 2018.
  4. Casa Madeira. Disponível em: http://www.casamadeira.com.br/geleias/zero-acucar/geleia-zero-adicao-de-acucar-de-morango/30/. Acesso em 28 de novembro de 2018.

Escrito por

Barbara Gerbasi Ortolani

Nutricionista com CRN 34419 formada em Nutrição pela Universidade de São Paulo (USP)

Gastronomia na Universidade Anhembi Morumbi Especializada em Técnicas Culinárias pelo Basque Culinary Center (San Sebastian – Espanha). Atualmente na área de educação infantil e fundamental com temas relacionados a Nutrição e Gastronomia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *