O que é cloreto de magnésio e como usar

O que é cloreto de magnésio e como usar

Minerais como potássio, sódio e magnésio, que estão presentes nos alimentos, são nutrientes essenciais para diversos processos em nosso organismo e por isso devemos obtê-los através de nossa alimentação.

O cloreto de magnésio (MgCl2) é um suplemento que pode sim causar benefícios quando indicado da maneira correta! Vamos entender.

Magnésio

O magnésio é um mineral muito importante assim como sódio, cálcio e potássio. Estes minerais são fundamentais como constituintes estruturais dos tecidos e participam de fatores metabólicos.

Também controlam os impulsos nervosos, atividades musculares e são componentes e/ou participam ativando e regulando enzimas.

Além disso, o magnésio, especificamente, atua na ativação metabólica e na utilização da vitamina D e vitaminas do complexo B.

O que é o cloreto de magnésio?

O cloreto de magnésio é uma substância composta por cloro e magnésio e, além de ser utilizado na culinária em algumas preparações como tofu (queijo feito de “leite” de soja), também pode ser utilizado como suplemento.

Por via oral ou tópica, esse suplemento visa suprir deficiências do mineral magnésio. Essa deficiência que pode influenciar em diversas áreas de nossa saúde como saúde cardiovascular, óssea e mental.

A deficiência de magnésio pode ser associada à aterosclerose, à glicose e gorduras presentes no sangue, também à diabetes tipo 2, infarto, cálculos renais, pressão alta, TPM e até distúrbios psiquiátricos.

A hipomagnesemia (deficiência de magnésio) está associada a um prognóstico ruim na insuficiência cardíaca e correção nos níveis deste mineral no organismo melhora a função cardíaca.

Importante para quem faz uso de diuréticos: o uso destes medicamentos contribui para que se elimine magnésio através da urina.

Benefícios à saúde

Um estudo realizado apontou que o cloreto de magnésio atua positivamente melhorando a depressão em idosos com diabetes tipo 2.

A suplementação diária de cloreto de magnésio demonstra uma diminuição significativa dos sintomas de depressão e ansiedade. Esta pesquisa indica que independentemente da idade, sexo, grau de depressão ou uso de medicamentos antidepressivos, o cloreto de magnésio pode influenciar de maneira benéfica.

Como usar cloreto de magnésio?

Não é correto prescrever nenhuma orientação de suplemento que vá servir para a população com um todo, pois cada um possui uma necessidade diferente.

Não se deve indicar uma suplementação “padrão” sendo que algumas pessoas nem possuem necessidade de suplementação, apenas precisam de uma avaliação melhor em sua alimentação.

Os suplementos de magnésio, dentro dos parâmetros corretos, costumam ser bem tolerados por nosso organismo. No entanto, em alguns casos a suplementação desse mineral pode causar alguns efeitos colaterais.

Desconfortos gastrointestinais, incluindo diarreia, náuseas e vômitos são sintomas algumas vezes observados. Por isso é necessário cautela ao fazer uso desta suplementação ou de qualquer outra.

O ideal é sempre procurar ajuda de um médico ou nutricionista que possa orientar individualmente cada caso.

Referências:

  1. Role of magnesium supplementation in the treatment of depression: A randomized clinical trial. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/28654669
  2. Otto, Sandy Mary, Daiane Serbai, and Daiana Novello. “Aceitabilidade sensorial de sopas elaboradas com diferentes sais substitutos de cloreto de sódio.” Revista do Instituto Adolfo Lutz 73.2 (2014): 226-232. Disponível em: http://revistas.bvs-vet.org.br/rialutz/article/view/27462
  3. Sahade, Viviane, and Vanessa dos Santos Pereira Montera. “Tratamento nutricional em pacientes com insuficiência cardíaca.” (2009). Disponível em: https://repositorio.ufba.br/ri/handle/ri/2308
  4. Gröber, Uwe, Joachim Schmidt, and Klaus Kisters. “Magnesium in prevention and therapy.” Nutrients 7.9 (2015): 8199-8226. Disponível em: https://www.mdpi.com/2072-6643/7/9/5388

Escrito por

Fernanda Cruz

Nutricionista com CRN 16100716 Formada em Nutrição pela Universidade Federal Fluminense Curso de Atualização em Nutrição Funcional Técnico de Ensino Superior no Laboratório de Avaliação Nutricional e Funcional - UFF

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *