Benefícios do ferro e sua importância para nossa saúde

Benefícios do ferro e sua importância para nossa saúde

O ferro foi reconhecido como nutriente essencial há mais de um século, sendo um dos minerais mais conhecidos pela população atualmente, bem como sua importância para a saúde.

É um nutriente crucial para o funcionamento do organismo humano, pois participa de diversas atividades do corpo.

Nesse texto, vamos explorar um pouco sobre esse mineral tão indispensável aos seres humanos, abordando seus variados benefícios e importância para a saúde.

O Ferro

Você sabe o que é o Ciclo de Krebs? Graças a esse mecanismo do corpo humano é possível ocorrer a produção de energia para as células, sendo o ferro um componente muito importante desse ciclo.

O ferro também é responsável na participação de transporte de oxigênio pelo corpo, pela produção do nosso DNA, entre muitos outros processos no organismo.

A deficiência de ferro é bem conhecida por ser capaz de gerar um quadro de anemia, doença que aflige grande parte da população brasileira e que é considerada um problema de saúde pública.

Mas não se engane, pois não é apenas a deficiência de ferro que causa efeitos prejudiciais no organismo. O excesso desse nutriente, em alguns casos, pode ser ainda mais preocupante.

Ferro: Deficiência x Intoxicação

A deficiência de ferro, precursora da anemia por deficiência de ferro, é a mais comum entre todas as anemias nutricionais, conhecida como anemia ferropriva.

Muitos fatores podem causar a anemia ferropriva, como lesões, hemorragias (perda de sangue), certos tipos de doenças e dietas desbalanceadas, contendo baixas quantidades de ferro, folato, proteína e vitamina C.

Já com relação a toxicidade, a principal causa é a sobrecarga de ferro, que acontece principalmente por razão hereditária.

Porém, a intoxicação por esse mineral também pode ocorrer através do desequilíbrio entre a absorção e excreção de ferro originado pela alimentação e ingestão de suplementos de ferro, o que contribui para um maior risco de doenças crônicas.

Em ambos os casos, é importante conhecer os sintomas, saber identificar o problema e procurar ajuda médica. Saiba mais sobre a intoxicação por ferro aqui.

Ferro: Biodisponibilidade

O ferro disponível nos alimentos se divide em ferro heme e não heme. O ferro heme está inserido na hemoglobina, mais especificamente no núcleo da hemoglobina – a Porfirina). Já o ferro não heme, ocorre de forma livre, ou seja, fora da hemoglobina.

O ferro heme, também conhecido como ferroso, e o ferro não heme, conhecido como férrico, seguem atividades diferentes no corpo humano, o que interfere diretamente na sua viabilidade de absorção, ou seja, na sua biodisponibilidade.

Nesse contexto, o ferro heme, que só existe em alimentos do reino animal que contenham porfirina (carnes vermelhas principalmente), é o mais biodisponível para o corpo humano, ou seja, é o “tipo” de ferro que o corpo consegue aproveitar melhor.

Estimativas indicam que 25% do ferro heme ingerido é devidamente absorvido, para apenas 10% de ferro não heme. Esses valores podem variar conforme a necessidade de absorção pelo organismo de cada indivíduo.

Ferro: Recomendações

As recomendações de ferro em adultos são de 8 mg/dia para homens e 18 mg/dia para mulheres em idade fértil.

Porém, essa recomendação pode variar conforme a idade e outros fatores.

No caso de indivíduos vegetarianos, por exemplo, que dificilmente ingerem ferro com adequada biodisponibilidade, o requerimento do nutriente pode ser de quase duas vezes mais.

Benefícios e Importância do Ferro

Saúde do Sangue

O ferro possui papel no transporte sanguíneo e respiratório de oxigênio e dióxido de carbono.

A hemoglobina tem como função transportar o oxigênio para os tecidos e retornar com dióxido de carbono para os pulmões, sendo esta uma função vital.

Cerca de 70% do ferro total do organismo está situado na hemoglobina, o que torna extremamente necessário que o ferro esteja disponível em quantidade adequada para permitir a produção de hemoglobina pela medula óssea.

Caso isso não ocorra, a deficiência de ferro gera o quadro conhecido como anemia ferropriva.

Produção de Energia

A produção de energia é uma das principais funções do ferro!

Isso justifica a importância do ferro para todas as atividades que requerem energia, como trabalhar, estudar e praticar esportes. E claro, todas as demais atividades que fazemos ao longo do dia.

Melhora da Performance

O nível adequado de ferro no sangue é fundamental para atingir uma boa performance nos treinos, uma vez que esse nutriente está diretamente relacionado com a produção de energia celular.

A diminuição da capacidade de atividade física em indivíduos com deficiência de ferro acontece devido à diminuição do transporte de oxigênio, bem como sua oferta para os tecidos durante o exercício e diminuição da capacidade oxidativa muscular.

Desintoxicação

Algumas toxinas que são absorvidas necessitam ser eliminadas pelo organismo. O ferro contribui para esse processo, degradando substâncias químicas indesejadas.

No fígado, vários medicamentos e outras substâncias são transformadas através de um sistema do qual o ferro participa, podendo ser secretadas pela bile e eliminadas.

Mais uma vez, percebe-se a importância do ferro no corpo humano, uma vez que um quadro de anemia prejudicaria esse sistema de desintoxicação, comprometendo a saúde com a exposição de substâncias maléficas ao organismo.

Efeito na Imunidade

Níveis adequados de ferro parecem ser importantes para a defesa imunológica.

A deficiência de ferro pode aumentar a suscetibilidade à infecções, embora esse tema ainda seja muito controverso na literatura.

Na teoria, a deficiência de ferro debilitaria os sistemas de defesa do organismo, mediado por linfócitos, macrófagos e neutrófilos.

Entretanto, a sobrecarga de ferro também é prejudicial ao sistema imunológico, pois como é um nutriente necessário para as bactérias, seu excesso pode resultar em risco aumentado de infecção.

Gestação

A deficiência de ferro é muito comum na gestação, uma vez que as necessidades desse nutriente estão bem mais elevados durante esse período.

Manter a quantidade de ferro adequada durante a gravidez é muito importante, para que não ocorram danos cerebrais no feto.

O ferro é fundamental para o desenvolvimento normal do sistema nervoso central do bebê, pois atua diretamente no processo de formação dos neurônios e produção de energia.

Crescimento Saudável

O ferro tem como uma de suas funções a atuação no desenvolvimento mental e motor infantil.

Sendo assim, é muito importante que esse nutriente seja oferecido de forma adequada nesse período, uma vez que sua deficiência pode afetar negativamente, e de forma irreversível, diversos sistemas no corpo, como a função cognitiva, motora, auditiva e visual.

Além disso, o ferro é essencial para a produção normal de DNA, que é necessário para o crescimento.

Como então é possível observar, a anemia é especialmente perigosa na infância. Saiba o que fazer para melhorar o quadro de anemia em bebês e crianças aqui.

Prevenção de Doenças

Além da anemia ferropriva, o consumo adequado de ferro pode prevenir a ocorrência de diversas doenças associadas ao trato gastrointestinal, como estomatites, glossites e gastrite crônica.

Função Cerebral

O ferro é utilizado pelas células cerebrais para o funcionamento normal em pessoas de todas as idades.

Alterações no metabolismo do ferro ocorrem na doença de Alzheimer e em outros distúrbios.

Ferro: Melhores Fontes

A melhor fonte de ferro, sem dúvidas, é o fígado.

Outros alimentos ricos em ferro incluem os frutos do mar, rim, coração, carnes vermelhas e brancas.

Entre os vegetais, são boas fontes de ferro os feijões e hortaliças.

Alguns outros alimentos que fornecem ferro: gema de ovo, frutas secas, melaço, pães integrais e farinhas enriquecidas e outros cereais.

Porém, outras estratégias podem ser utilizadas quando se deseja obter um maior aporte de ferro, elevando sua biodisponibilidade.

Essas estratégias nutricionais são muito importantes, principalmente para as pessoas com maior risco de desenvolver anemia ferropriva, entre outros tipos de anemias, ou para as pessoas que já apresentam esse quadro.

Dentro do maior grupo de risco, encontram-se os vegetarianos, gestantes, lactantes, crianças e adolescentes.

Para saber mais, confira nosso texto “ Lista com 20 alimentos para melhorar a anemia”.

Cuide da sua Saúde

Os nutrientes são muito importantes para a saúde do corpo humano. São muitos os nutrientes que necessitamos, e o ferro é apenas um deles.

Cada vitamina ou mineral possui representatividade no metabolismo humano, por tantas vias no organismo que muitas vezes desconhecemos.

Em muitos momentos, esses nutrientes atuam em conjunto, melhorando a absorção um do outro. Em outros momentos, eles competem entre si, e atrapalham a absorção adequada no organismo.

O equilíbrio entre todas essas substâncias é essencial para promover a saúde, evitando doenças. Porém, para que isso aconteça, é essencial obter o conhecimento sobre a alimentação correta através de um profissional especializado.

Procure seu Nutricionista e cuide da sua saúde.

Referências:

  1. Krause, MV. Mahan, LK. Escott-stump, S. Krause – Alimentos, Nutrição e Dietoterapia. 12ᵃ ed. 2ᵃ tiragem. São Paulo:Roca, 2010.
  2. Fisberg, M. et al. Funções Plenamente Reconhecidas de Nutrientes – Ferro. Série de Publicações ILSI Brasil. 2008; 3: 1-28. Disponível em: http://ilsi.org/brasil/wp-content/uploads/sites/9/2016/05/03-Ferro.pdf

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *