O que é proteína concentrada

Uma boa alimentação é extremamente importante para um bom desempenho físico, reduz a fadiga e também diminui o número de lesões, aperfeiçoa os depósitos energéticos além de contribuir para a saúde geral do indivíduo.

De uma forma geral, os suplementos alimentares são utilizados para atender e melhorar alguns aspectos do desempenho físico, como: aumentar a massa muscular, reduzir a gordura corporal, prolongar a resistência, melhorar a recuperação do músculo e ainda promover melhor rendimento esportivo.

Também auxilia na perda de peso, melhora a estética corporal e diminui os efeitos adversos do envelhecimento.

Um dos principais suplementos protéicos é o Whey Protein (whey = soro, protein = proteína), extraído do soro do leite de vaca, rico em proteínas de alto valor biológico acrescido de vitaminas e minerais.

O consumo dele vem crescendo pelos esportistas e praticantes de atividade física, pois ele é responsável por melhorar a proteção imunológica e auxilia na recuperação após o exercício físico, uma vez que contém aminoácidos que adiam a fadiga durante a atividade. Os aminoácidos são elementos básicos das proteínas e estão em inúmeras formulações de suplementos.

A busca pela boa forma e a praticidade são os principais atrativos para a sua utilização.

O Whey Protein é um suplemento de proteína e, portanto, sua preparação deve seguir uma legislação específica. Os parâmetros de sua composição devem ser definidos.

Para ser considerado como um suplemento de proteína deve conter, pelo menos, 10g de proteína e 50% do valor energético total deve vir das proteínas, além do que a composição proteica do produto deve ter um índice de aminoácidos corrigido de digestibilidade (PDCAAS) acima de 0,9, devendo a determinação desse escore ser realizada conforme a metodologia recomendada pela Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura/Organização Mundial de Saúde (FAO/OMS).

Nem todas as proteínas são criadas iguais, algumas formas de whey protein são melhores que outras.

VEJA TAMBÉM:  Entenda os benefícios da maca peruana e como consumir

Com as novas tecnologias de processamento, surgiram diferentes frações de WP relacionados ao seu conteúdo proteico, sendo elas com a obtenção de um concentrado, Whey Protein Concentrado (WPC), um isolado, Whey Protein Isolado (WPI), ou ainda um hidrolisado, Whey Protein Hidrolizado (WPH).

O que é Whey Protein Concentrado?

Ele é uma mistura de proteínas do soro do leite, que é a parte líquida do leite que se separa durante a produção de queijo.

Depois de ser separado durante a produção de queijo, o soro passa por várias etapas de processamento para se tornar o que as pessoas geralmente reconhecem como whey protein – um pó que é adicionado a shakes, receitas, barras de proteína, etc.

A proteína do soro não tem um sabor muito bom por si só, e é por isso que geralmente é encontramos as acrescidas de sabor. Pó de chocolate, baunilha e morango são as mais populares.

É importante ler a lista de ingredientes, pois alguns produtos podem conter aditivos não saudáveis, como o açúcar refinado.

O concentrado de proteínas de soro do leite ou Whey Protein Concentrate (WPC) é o produto obtido através da remoção dos constituintes não proteicos de soro de modo que o produto final contenha teor de proteína entre 35% e 80%, sendo mais comumente disponível como 80%.

O processamento do concentrado de soro remove a água, lactose, cinzas e alguns minerais. Além do que, em comparação com o whey isolado, o concentrado contém normalmente mais componentes ativos biologicamente, sendo melhor em qualidade nutricional.

Whey Protein Concentrado parece ser a melhor opção global. É o mais barato e retém a maioria dos nutrientes benéficos encontrados naturalmente no soro do leite. Muitas pessoas também preferem o sabor, que é provavelmente devido à lactose e gordura.

Como utilizar Whey Protein Concentrado?

É muito fácil de incorporar na dieta. É vendido como um suplemento em pó que pode ser adicionado a shakes, smoothies, iogurtes, frutas, receitas como panquecas entre outras ou simplesmente misturado com água ou leite (vaca, coco, amêndoas, castanhas).

VEJA TAMBÉM:  Proteína do leite (Whey) ou proteína da carne (Beef), qual a melhor proteína isolada?

25-50 gramas por dia (1-2 colheres ou medidores) é uma dosagem comumente recomendada, mas certifique-se de seguir as instruções de dosagem na embalagem.

Tenha em mente que tomar muita proteína é inútil. O corpo só pode utilizar uma quantidade limitada de proteínas em um determinado momento.

Procure um nutricionista para recomendações e adequações individuais!

REFERÊNCIAS:

  1. ALVES, S.C.R.; NAVARRO, F. O uso de suplementos alimentares por frequentadores de academias de POTIM-SP. Revista Brasileira de Nutrição Esportiva São Paulo, v. 4, n. 20, p. 139-146, mar/abr. 2010.
  2. HOFFMAN, J.R., FALVO, M. J. Protein – Which Is Best? – Journal of Sports Science and Medicine, 2004.
  3. MARSHALL, K.Therapeutic Applications of Whey Protein. Alternative Medicine Review, Volume 9, Number 2, 2004.
  4. MARTINI, G. L. Elaboração e avaliação da composição química, física e sensorial de barras alimentícias adicionadas de proteína do soro do leite (Whey Protein). Porto Alegre, 2016.
  5. TIMOTEO, G. R., FERREIRA, M. C. M. Análise do teor de macronutrientes em suplementos dietéticos tipo whey protein. Revista Iniciare, Campo Mourão, v. 2, n. 1, p. 96-107, jan./jun. 2017.
  6. TSUTSUMI, R., TSUTSUMI, Y. M. Peptides and proteins in whey and their benefits for human health.  – Austin J Nutri Food Sci, 2014.

 

Sobre o autor

Nutricionista com CRN 35791

Faculdade de Nutrição – Mackenzie.
Especialista em Bioquímica, Fisiologia, Treinamento e Nutrição Esportiva – UNICAMP
Especialista em Fitoterapia Clínica – iPGS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *